Site de Poesias

Menu

Mãe...

[Ilustração não carregada]

Esse frio que me congela nesse instante
assusta, dói, destroça desde a alma...


Parece endurecer minha medula
e desconcerta a fonte de pensar...


Eu sei: a lágrima adianta nada!
Tampouco me interessam sensações
que não mais sentirei, sou nau sem porto...


Eu tremo, convulsiono... E adianta?
Que nada! A morte é má e acerta em cheio.


E a fé?

 

É por o pé sem ver o chão
e já não vejo esse chão faz tempo...


Mas ponho pé, cabeça, assim mesmo
porque eu sei em Quem eu tenho crido...

Ronaldo Rhusso

 

 

 

Sei que sua dor não passará,
é como um quadro na parede,
aquelas lembranças,
tintas de muitas cores.
Poderá se transformar
num outro nome ,que as dores
costumam adotar : Saudade !
Mas como a borboleta foi lagarta,
e a flor  semente foi  um dia,
sua dor , que foi seu ninho,
será  o ventre de alegria.
Lá na frente do caminho
que é fim e também começo,
estará a te esperar
uma alegria sem preço : Aquela que te gerou.
E esse será para ti
o perfeito recomeço.

 

Vinicius Garcia

Compartilhar

Hoje, 15 de novembro de 2013, minha preciosa mãe faleceu... Ilh

RONALDO RHUSSO
15/11/2013