Site de Poesias

Menu

Salve Jorge!

[Ilustração não carregada]


Deixando de lado o pratrazismo desimportantista, gostaria de deixar aqui, a minha homenagem e o meu saudosismo respeitista a esse baiano competentista, talentozeiro e escrivinhante.
Quantas vezes me inspirei na sua genialância escrivinhatória, para criar meu besteirolzismo marronzista.
Quantas vezes, na minha desavergonhança plagiatória (como agoramente, por exemplismo), roubei a inspiração desse criadorense de contos.
À bainancia pirangiense, também rendo as minhas homenagiancias, pelo bercismo desse autorista de ilustrismo imortálico.
 
Salve Jorge! (O Bem Amado)

 

Compartilhar
BRUNO
19/10/2013

  • 6 comentários
  • 175 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados