Site de Poesias

Menu

Dá nada, não...

A horda desencalma essa nação
Que vem sendo estuprada noite e dia
Desde quando Cabral aqui vivia
Tirando do braseiro o seu tição...

Qualquer que não se envolva numa ação
Com força mesmo sendo já tardia
Verá no amanhã que não havia
Escolha diferente, outra opção...


Eu quero ver os “nobres” deputados
Caindo de seus galhos confortáveis;
Macacos que nos roubam, miseráveis!

Tem cura para seres transviados?
Então terá, também, para os safados!
Mas vejo essas curas improváveis...

Ronaldo Rhusso

Compartilhar
RONALDO RHUSSO
07/07/2013

  • 7 comentários
  • 1105 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados