Site de Poesias

Menu

Utopias...


Inquietante onda de estranhos sentimentos percorrem meus devaneios
me perco nas entrelinhas dos meus próprios sentidos
a razão percorre ferozmente em cima dos meus anseios
para resgata-los num sonho que há muito estavam perdidos

Tem força esse desejo de querer o mundo todo possuir
falta o tempo pra concretizar os planos traçados pela vida
a alma quer alçar voos onde nem sei se posso ir
prorrogo ao máximo tentando evitar a dor da partida

O relógio não me espera paciente e estagnado
seus ponteiros correm loucamente num frenético ritmo
tanto faz que o coração há tanto permaneceu calado
chegou o tempo de se lançar e sair do íntimo

De onde estou não vislumbro o que ali tão distante me espera
resta crer que os trilhos tortos do destino se reorganizem
mas sinceramente não espero flores desta primavera
desejo apenas que o belo apareça e que as utopias se realizem...

Compartilhar
Ana Laura Vianna Gasparini
02/07/2013