Site de Poesias

Menu

Poetisa Reconhecida.


(Sobre as poesias conhecidas da Poetisa desconhecida)
 
Eu conheço uma poetisa arretada,
a nossa amiga Eliane.
Então que ninguém se engane,
Da forma qualquer que eu lhe chame,
Mas que poetisa danada!
 
Que coisa de cabra da peste
um verso que  vem do Nordeste
Prosa de verso ligeiro
trova que rima sem pena,
Poeta da gota serena,
Talento de brasileiro
 
Um verso tão competente
Que cai o queixo da gente,
E falta o oxigênio
me deixa sem graça e sem tino
É verso de nordestino,
É poesia de gênio.
 
Poesia mais formosa,
e  rima mais preciosa
esse site nuca viu
rimando com tanto saber,
Poetisa assim tem que ser
Conhecida de todo Brasil

 

Compartilhar

Esse foi um comentário sobre um comentário feito pela Poetisa em forma de versos em um texto do Baiano Boni.
Uma pena eu não ter o comentário dela pra postar aqui.

Foi mesmo genial!

BRUNO
22/02/2013

  • 5 comentários
  • 194 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados