Site de Poesias

Menu

Mulher-Estrela

[Ilustração não carregada]

Eu já sei como tocar meus versos
perscrutando o infinito
seja de flores, versículos ou bobagens
transgredindo a roupa que me colocam
os dons que me devotam
porque sou muito mais que isso
sou como uma via láctea cheia de astros
sou mais potencial que aparento


Eu creio, contra todas as predições!


Então, por favor:
não me enquadra ou formata
me desata desta fita de embrulho
para que eu seja somente eu mesma
e consiga tocar os meus versos, nas estrelas

Compartilhar

Obgd por me ler!

Elisa Gasparini
30/10/2012

  • 12 comentários
  • 1646 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados