Site de Poesias

Menu

Ser não sendo...


Quando eu tenho tudo pra falar e nada pra dizer

quando devo-me lembrar de não me esquecer

de aprender o que já sei e de não mais reclamar 

das coisas que antes eu reclamei.

E 'inda vou-me tresloucado

tentar de novo, novamente

Partir mais cedo e chegar atrasado

e ainda assim chegar de repente.

 

Não deixar de ser, posto que nada és

é apenas o que quer no momento

morto é o presente a sucumbir

dizer ainda pra quem tá de pé

palavras que se foram faz tempo

Faz o futuro deixar-se partir.

Compartilhar
Rodrigo Ferreira Santos
20/07/2012