Site de Poesias

Menu

DIVINA LUA

[Ilustração não carregada]

Divina Lua

O poeta nas noites de insônia
Fica observando da sua janela
Aquela que sem nenhuma cerimônia
Invade tudo insinuante que só ela

É a lua companhia inseparável
Sua presença é pura inspiração
Muito atenta é a grande responsável
Pelos versos que brotam do coração

Linda lua, lua linda que prateando
Faz a noite ficar ainda mais bela
Vai a todos os cantos inundando
Registrando qual fiel sentinela

Carol Carolina

Compartilhar
Carol Carolina
16/05/2012

  • 4 comentários
  • 456 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados