Site de Poesias

Menu

Palpite


Palpite, coração menino,
Co'a força de mil explosões
No ritmo em que o seu destino
Se desenrola e lhe alucina
Na sina das suas decepções.

(Palpitações...)

E cante, coração poeta,
Milagre das superações:
Canção que o revés não aquieta!,
Que amor só de amor se sustenta
E inventa continuações...

Compartilhar
Ederson Peka
10/08/2011