Site de Poesias

Menu

Cavalo Alado

Sobe no meu cavalo alado;
Segura com força, meu bem:
Só quero te ter do meu lado
Pra não saber mais de ninguém!
Me embola no teu rebolado,
De embalo no vento que vem
E leva o cavalo encantado
Num trote sem chão, mais além,
Mais nós, tu e eu, lado a lado,
Traçando um destino dourado
Num risco sem explicação:
Desenho de amor arriscado,
No vôo do cavalo inspirado,
Sem rédea, sem chão, sem razão... 

Compartilhar
Ederson Peka
10/08/2011