Site de Poesias

Menu

Sei o que sou!


E daí?
Ontem foi ontem...
Hoje é hoje,
Amanhã será amanhã!
O futuro é assim mesmo,
Mas o que e quem me importa?
Se sempre é o que foi e sempre,
Sempre... Terá um amanhã...
O que pensaram ontem...
Vão pensar hoje!
E amanhã? Com certeza  também
Seguirão o mesmo padrão...
Da humanidade que vive estragada.
Fatalmente irão pensar...
Nesta vida acham o que sei,
Pela aparência que sou...
Sou o que eu sou!
Não! As  transições exteriores
Não poderão mudar meu interior.
Sim, sou o mesmo de ontem!
Porque mantive meus sentimentos...
Conceitos e pré-conceitos são determinantes...
Mas, na vida daqueles que param para ouvi-los.
Mais eu que sou “sabido”...
E mantenho meu nariz bem erguido...
Assim deixo que cada um cuide,
Detalhadamente, de seu umbigo!  

Compartilhar
JAIROLIVEIRA
07/05/2011