Site de Poesias

Menu

Você tem cores bonitas

Você pode simplesmente sorrir e fingir com as pessoas. Ou pode as observar e aproveitar os breves momentos de alegria verdadeira. Abra seus olhos para as cores bonitas de verdade. Open your eyes!

Era a alegria mais monótona que eu já havia visto. Antes da felicidade, declarava-se a obrigação e o sentimento de dever cumprido, como quem diz: Pronto, está feito. Agora me deixem em paz! Era um olhar vazio, distante dali, mascarado por breves sorrisos de alegria verdadeira. Era a mesma pose para todas as fotografias e pedidos de atenção. Era aquele sorriso tímido e incomodo que me mostrava nitidamente, o medo de alguém descobrir a insegurança de seu coração. Era uma auto-indagação para saber quem realmente estava ali: Esse sou eu no retrato, mas onde eu estava quando o tiraram? Era a minha vontade louca de o abraçar de repente e dizer: Mostra o sorriso da sua alma menino tímido, não esconda suas cores. Você já é grande, mas ainda é uma criança para mim. Te ver crescer me faz ver que também estou crescendo. Vá com calma, eu posso me assustar.

Se é uma cena de solidão, todos vão te ver sorrindo. Ninguém se importa...

Compartilhar
Thalita B.
24/04/2011