Site de Poesias

Menu

Réveillon IV

Eu vi o sol a insistir,
Aquecendo a Terra fria
Com seus braços de magia:
Seu amor a reluzir!

E no ano que se ia
Vi tamanha devoção,
Persistência, doação,
Renovados dia a dia,

Que com ele eu renasci!
O ano velho despedi
Num abraço de calor,

E exclamei, de peito aberto:
-Vem, ano novo! Eu lhe oferto
Minha insistência de amor! 

 

Compartilhar

Reiteração da velha profecia:
http://sitedepoesias.com/...

Ederson Peka
10/12/2010