Site de Poesias

Menu

Da melancolia e solidão...

Sentir-me só na multidão

Não é tão mau nem tão ruim

Pois tenho o privilégio de sentir

A companhia do meu Eu.

 

Lembrar de que a minha opinião

Agora é Não, apesar de dizerem Sim

Ao fitar o amanhecer depois do Sol partir

E dormir só depois que o Sol nasceu.

 

Ser redondo como o mundo

Numa comunidade empacotada

Viver no topo e também no fundo

Rindo sério das péssimas piadas.

 

Ser como todos antes de tudo

Mas, ser Eu antes de mais nada

Falar pros surdos que eu sou mudo

E que a sanidade está retardada.

 

Compartilhar
Rodrigo Ferreira Santos
28/11/2010