Site de Poesias

Menu

O Pregador

Hoje eu voltei àquela antiga praça
Onde encontrei, há muito tempo, alguém
Que ali pregava. Sim, lembrei-me bem
Da Bíblia aberta, transbordando a Graça
Que, em voz de homem disfarçada, vem
Secar o pranto que a visão embaça;
Erguendo os olhos da perdida raça
Para o mistério da esperança além.
Hoje eu lembrei do pregador querido
Que trouxe a Luz para um desconhecido
Naquela praça, muito tempo atrás.
Talvez não saiba que valeu o esforço,
Mas até hoje sua voz eu ouço
Pregando a Vida, promovendo a Paz.

Compartilhar
Ederson Peka
28/05/2010