Site de Poesias

Menu

Liberdade.

[Ilustração não carregada]

Que liberdade é essa que te prende?
E te tranca na alcova de suas obrigações,
saia desse casulo de enganos que se encontras,
sinta a vida sem medo de arranhões.

Estás presa queimando no orvalho da madrugada,
e por vezes até suas passagens são esquecidas,
na madrugada esse orvalho frio teima em não findar,
onde os murmúrios de algumas almas podem ser ouvidas,

E certo que tentas sem grande êxito se livrar,
e por vezes até demonstras alegria,
falta experiência para entender,
entenda que tal liberdade é um engano,
corres o risco da morte de tanto sofrer.

Vives tua vida da forma como queres,
mas não da forma como mereces,
então sai deste frio e entre,
abra a porta de tua esperança perdida,
pegue o caminho de volta e volte,
volte para a liberdade de sua vida.

E em seu retorno triunfal,
veja quantos tesouros perdestes,
quantas pessoas te esperaram,
e quem sabe alguém ainda te esperas,
ainda podes recuperar algo de valor,
podes até reencontrar teu Amor.

É certo que a volta será complicada,
tantos acertos a serem feitos pelo caminho,
mas tenha certeza que valerá a pena de verdade,
e saiba que ninguém merece ficar sozinho
e muito menos viver sem liberdade.

Compartilhar

.... ouça essa poesia em meu site ....
Super beijo e obrigado por estarem aqui ...

www.adilsoncosta.com

"Adilson Costa"
26/05/2010