Site de Poesias

Menu

Estudante de República

Dividindo o leito

Dividindo a comida

Somando sofrimentos

Multiplicando a fadiga

Olhar alegre

Disfarçando, sempre, a realidade

A lembrança de minha terra

Ah meu Deus quanta saudade.

Passará, o tempo passará

O futuro é incerto

mas meu devaneio

Vive a me consolar

A túnica, o anel no dedo

O abraço forte do amigo

É o momento da partida

Chorem ou sorriem todos comigp

Compartilhar
Eng.Rubemar
21/05/2010

  • 1 comentário
  • 247 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados