Site de Poesias

Menu

“ODE A CORUMBÁ”

 
                        BENEDITO C.G.LIMA
 
CORUMBÁ ENCANTO PANTANALÍSSIMO,
QUE DESLUMBRA OS VISITANTES;
QUE EXTASIA O POETA ÉBRIO COM SEUS ODORES;
QUE RE- ESCREVE A SUA HISTÓRIA;
QUE VIDEO – FOTOGRAFIA NO VÔO DA GARÇA,
 
                    A GRAÇA
                    A RAÇA ...
 
E QUE DEIXA NO TRANSBORDO DA TAÇA
 MINÉREA, A ETÉREA ESPERANÇA
QUE DANÇA NO CURSO DO DISCURSO!
 
PANTANALÍSSIMO SUSIRO ESVERDEJANTE
POR ONDE REPOUSA O VERSO DO UNIVERSO
PLASMADO NO BARRO DO MANOEL DE BARROS!
SUA HORA DE SUCESSO E DE PROGRESSO
 DE DESENHA NESTE MILÊNIO!
 
ACORDA, CIDADE BRANCA!
 SACUDA A POEIRA DAS SANDÁLIAS
DO FREI MARIANO!
OCUPE SEUS MORROS ALTOS
E DESFRALDE NA SOBERBA BARRANCA,
A BANDEIRA DE UMA NOVA ORDEM;
 
CORUMBÁ CHEIA DE GRAÇA,
 
TERRA AMADA PANTANEIRA!
GASODUTO E TERMO – ELÉTRICA
NOVOS RUMOS NA FRONTEIRA!

Compartilhar
benedito c.g.lima
11/11/2009

  • 1 comentário
  • 276 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados