Site de Poesias

Menu

A ROSA RUBRA

[Ilustração não carregada]

A rosa rubra

Vivia linda e formosa
Em um jardim multicor
Uma rosa rubra e bela
Esperando o seu amor...

Não sabia onde morava
Nem de onde chegaria
Só tinha uma certeza
Na Primavera ele viria.

E a rosa rubra sonhava
Imaginando o seu amor...
De que forma ele seria
De poeta, cravo ou beija-flor?

E a Primavera chegou
E uma plantinha em botão
Ao abrir-se a surpresa
Fez vibrar seu coração!

Bem no centro do jardim
Também rubro e perfumado
Um formoso cravo surgia
Chegara enfim seu amado!

A rosa rubra sorriu
Indo em sua direção
E o cravo gentil e delicado
Curvou-se beijando sua mão.

Na cantiga de criança
O romance acabou, teve um fim.
Foi debaixo de uma sacada
Mas este foi num jardim.


?Carol Carolina


enviar recado cancelar

Compartilhar
Carol Carolina
10/10/2009

  • 5 comentários
  • 671 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados