Site de Poesias

Menu

Silêncio

[Ilustração não carregada]


Silêncio desconcertante

de vozes inimigas.

Trégua forçada pelo cansaço.

Emoções contidas,

agressividade sob controle.

 

Silêncio cauteloso

de momentos delicados.

Sabedoria transformada em atitude.

Emoções preservadas,

curiosidade sob controle.


Silêncio paciente

de dias incertos.

Pensamento convertido em oração.

Emoções sufocadas,

ansiedade sob controle.

 

Silêncio amargo

de causas perdidas.

Planos desfeitos no percurso.

Emoções conturbadas,

contrariedade sob controle.

 

Silêncio sagrado

de encontro apaixonado.

Palavras substituídas pelo afeto.

Emoções à flor da pele,

felicidade sob controle.

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar

Grata pela gentileza da visita!

Sejam sempre benvindos!!!

Roberta Marcon
08/09/2009