Site de Poesias

Menu

O Telefone Infernal - (Humor)

[Ilustração não carregada]

 

 
Alô? Alô?....Pé, pé, pé...
Linha ocupada, mas pagando impulsos.
Impulso de morte, impulso de raiva,
Alô? Alô?...Pé, pé, pé...
Linha ocupada, mas pagando pulsos.
Sim, corte os pulsos, corte a Corte!
Alô? Alô?...Tu, tu, tu...
Linha ocupada, mas pagando minutos.
Minutos de tortura, suave e lenta guilhotina.
Alô?Alôôõ?...”O telefone está ocupado”,
Deixe sua mensagem, e pague mais minutos.
Alô? Alôôôôô?... “Este telefone não existe”
O que não existe é a cidadania.
O que existe é ganhar indevidamente.
Monopólio de mercado, monopólio da aporrinhação.
Alôôôôôô? “Serviço de Atendimento...”
Disque um para ir para o diabo que o carregue.
Disque dois para tomar um pé no traseiro.
Disque três para ser enviado à casa da Mãe Joana,
Disque quatro para ir para os quintos dos infernos....
Aliás, não disque, aperte, aperte os malditos botões!
Aperte, aperte a garganta do FDP que fez isto com você.
Aperte, aperte, quebre o aparelho telefônico,
com as mãos, na parede, na cabeça...
Alô, ‘chamada a cobrar’: “Aqui é o PCC”,
Disque quatro para sequestro,
sequestro da paz, do sossego...
Trim, trim, trim: “Quero falar com Sr Fulano de Tal”
“Fulano de Tal” não está. “Sabe quando volta?”
“Assim que chegar do inferno, é claro”
Trim, trim, trim: “...o leite para as criancinhas...”
Sim, aquela meia dúzia usada de out door...
Criancinha sustenta marmanjo.
Trim, trim, trim...Ligação do inferno...
"O senhor é o mais novo contemplado com linhas telefônicas!"
Chamem o hospício, alguém está à beira de surto!
“É grátis, mas o Senhor

no fim comerá do pão que o diabo amassou”.
Trim, trim, trim: “Aqui é da Agência Nacional de Torturas”,
A ANATOR.Oferecemos taxas, e mais taxas, 
impulsos, pulsos, minutos....muitas formas para ludibriar. 
Disque cinco para ligar para o céu.
Tuio, tuio,tuio, “O PROCON informa: nem Deus agüenta”
Alôôôôôôôôôôôô? Alô, alô Marciano.
E a Rita Lee falando para Elis Regina:
“A coisa tá virando zona..."
Gran Bell tentou baixar numa macumba, 
Trim, trim, trim, ... linha ocupada...

 

Compartilhar
Gilberto Brandão Marcon
06/08/2009