Site de Poesias

Menu

Vida

[Ilustração não carregada]


 
Homenagem a Vida:

"A vida é maravilhosa!!!

 
                       Vida - CHAMA - Vida
                 
                           I CAP:.....rs   
                                               
                      
VIDA era uma flor fragil e pequenina...
Nasceu entre pedregulhos e geadas marinhas...
As madrugadas eram longas e frias...
Os ventos arrepiavam, queimavam, ardiam...
De dia o sol a sugava, mas a noite a brisa nutria...
Nas estações da seca suas folhas sofriam...
Passavam meses caidinha...
Até que um dia...
O mar subiu e a cobriu todinha...
Passaram-se dias, meses, anos...
Até que as águas voltassem ao nivel normal do oceano...
E Vida viu novamente o sol se pondo no horizonte...
Mas,  já era tarde...
Os ráios de sol partiram sem deixa-la enxergar a realidade...
Os estragos dos anos que passaram, já farta de idade...
Vida fechou as pétalas que ainda restavam,
e esperou que a noite terminasse...
Vida cheia de esperança de ver novamente sua imagem...
Na sombra dos anos que refletissem a beleza de sua mocidade...
Sonhando Vida viu a lua nascendo azul!!!
E as nuvens se abriram como estrelas da tarde...
Gotas de orvalho serenavam aquela paisagem...
A brisa lambia seus ramos e seguia viagem...
As nuvens absorviam o calor e provocavam tempestades...
A natureza desenhava a mais bela arte!
Vida imaginou que ao amanhecer...
Arrancaria todos os galhos tortos, sem piedade...
As folhas secas e quebradas receberiam uma nova maquiagem:
Ah, Vida menina, doce criança renasce...
Anciosa para florescer e crescer...
Vê a lua desaparecer atrás de uma nuvem gigante...
Fazendo o céu se escurecer...
E uma tempestade violenta arrancou-na
arrastando-a para o mar, da saudade...
Mas suas raízes eram longas e não se perdiam na profundidade...
Protegia Vida de afundar nas correntes de eletrecidade...
Sendo levada pelo vento, nas asas da liberdade!
Passaram-se alguns dias...
Enquanto não havia chão...
Vida flutuava e florescia...
Os ráios luminosos à fortaleciam...
Di vagar Vida crescia...
Após alguns meses...
Já estava toda florida...
Perdida no meio do oceano, desprotegida...
Vida encontrou a morte, sendo comida...
Os botões estavam se abrindo...
Mais que depressa vieram os passarinhos...
Os peixes beliscavam em sua volta...
Logo tambem vieram as gaivotas,
Servia de ninho para insetos e cobras...
Vida ressequida, quase morta...
Os beija-flores sobrevoam e choram...
Com pena das rosas mortas!
Ah, mas Vida da voltas...
De-repente uma ventania agitaram as águas,
e as ondas arrastaram-na para a praia mais próxima...
Até que foi "salva" na rede de pescadores
Que a jogaram na encosta...
Suas raízes compridas se enroscaram numa árvore grossa...
E seus ramos se alastraram pelas montanhas afora...
A Vida se transforma!!!
 
 
Vida Continua Chovendo...rs
Feliz
Na luz que emprestou-me o teu sorriso....Brigadão Vida!
 
Beijos
Azul

Xama

Compartilhar

(A Flor de Vida Fragil Pequenina)

Xama
02/08/2009