Site de Poesias

Menu

Eu poderia...

 


Eu poderia ser o sol...
Mas de que me adiantaria,
Se bem sei que o sol as vezes se esconde,
E sendo assim nimguém me veria.

Eu poderia ser a lua...
Porém meu brilho duraria as noites,
E nas nuvens em meio à açoites,
Ficaria escondido...
Por muito tempo esquecido.

Eu poderia ser o mar,
Mas sendo assim faria o bem e o mal,
Mesmo sem querer e sem pensar,
Pois em determinados momentos,
Poderia ficar em grade fúria,
Levar tudo por onde eu passar...
Deixando muitos na penúria.

Eu poderia ser a lampada,
Mas assim só iria clarear na escuridão,
E nem todos veriam o meu clarão,


Porém prefiro deixar de ser tudo isso,
Se eu for o seu sol e a sua lua,
Se eu poder ser a alegria da vida tua,
E brilhar todos os dias no horizonte,
De sua vida linda e maravilhosa,
E puder tornar sua vida gloriosa,
E ser o seu eterno amante.

Compartilhar
Gesiel Gomes Oliveira
22/05/2009

  • 1 comentário
  • 104 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados