Site de Poesias

Menu

Meu amor, basta uma palavra...

 
Meu amor, basta uma palavra...
 
Para eu sair desta tristeza,
Que me corrói a alma sofrida,
Basta que você deixe a frieza
E comigo prolongue a vida.
 
A compreensão prometida
Usou-a como sutileza
Para eu sair desta tristeza,
Que me corrói a alma sofrida
 
Penso nos dias de beleza
Que vivemos. União rompida
Por uma estúpida fraqueza.
Basta uma palavra esquecida
Para eu sair desta tristeza.
 

 
Imagem: Google
 
Respeite os direitos autorais.

 

Compartilhar
Mardilê Friedrich Fabre
04/05/2009