Site de Poesias

Menu

* a vida e o tempo *

[Ilustração não carregada]

Contemplo minha própria vida gotejando

nas linhas que o destino traça

A vida é como o próprio tempo que me escapa

se acampando nos céus

que ele mesmo tinge e enlaça

 

Hoje... as nuvens nimbus, o vento forte

A vida segue o compasso da tormenta

Amanhã...o céu azul anil, o sol no horizonte

A vida brada no ritmo do dia claro que a acalenta

 

Se hoje, fechou-se o tempo

e a chuva torrencial destelha os bons pensamentos

aloja em lágrimas os meus desalentos

Amanhã, o dia se abrirá num manto azulado

E a vida irá sorrir sem a lívida lembrança

do que já foi tornado

 

                               Úrsula Avner *

 

 

* poesia com registro de autoria

* imagem retirada da net

 

 

 

Compartilhar

Deixo aqui juntamente com esta poesia um carinhoso abraço a todos que me visitam. Obrigada de coração !!!!!!!

http://www.ursulaavner.co...
http://ursulaavner.blogsp... Em meu cantinho

Úrsula Avner
12/03/2009