Site de Poesias

Menu

Saudade

Suadade, falta doída.
Arde, dói, povoa a mente.
A gente mente que não sente.
A falta corroe,
A saudade invade.
Louca
Pouca
Dor aos pedaços.
Coração longe
em frangalhos.
Saudade
arde a falta de quem aqui já esteve.

Compartilhar
Aline Castro de Oliveira
10/04/2005