Site de Poesias

Menu

" O ano não terminou "

 
“O ano não terminou”
 
 
 
 
O ano terminou e pressinto que falhei ; não aquelas falhas claras , mas acho que não alcancei as metas que sonhei.
 
Não fui um bom rapaz , entretanto não tirei a vida de ninguém.
 
Não fiz minha caridade , mas é certo que não roubei o sustento de ninguém.
 
Esperei um ano repleto de sonhos , motivos e batalhas ; só que não me aprontei.
 
Esperei carinho , afeto e mais nada ; isto eu tive e ganhei , só não recordo se fiz minha parte da lição de casa.
 
Ironizei aquilo , aquele e toda falha ; quando falavam de mim , fechei a cara e não dei mais risadas.
 
Ironizei os dias de espera na estrada , só que aos meus pés de nada reclamei.
 
Sorte minha que o ano se findava , sorte minha tudo é fácil esquecer.
 
Sorte minha ter noção da minha falha , sorte minha ver um ano novo nascer.
 
Tenho certeza que para mim este ano não escapa ; espero poder ter a sorte de preencher as lacunas da minha vida que nos anos velhos eu deixava.

Compartilhar

...no ano novo....

Marques Corrêa
01/01/2009