Site de Poesias

Menu

DÓI DE MAIS !

No romper da madrugada, 
Minha canária não cantou.
Saudade tornou-se minha amiga
Depois que você me abandonou.
 
Você deixou a gaiola,
O pássaro se soltou,
Só ficou minha viola,
A alegria você levou
 
Nas cordas eu dedilhava
Quando as madrugadas então nasciam,
Minha canária, você maviosa cantava!
Nossa gaiola era só alegria!
 
Seus pesinhos delicados.
Seu sorriso faceiro.
Seus lábios sempre molhados,
Fez-me nascer o amor primeiro
 
Mas agora ao romper da madrugada,
Minha canária não canta mais.
Só ficou a danada da saudade,
Que no meu peito, dói demais!

Compartilhar

Minha viola emudeceu e eu choro desconsolado. Perdi a esperança porque perdi a alegria de viver, perdi o meu sorriso faceiro, minha canaria bateu asas voou e foi embora.

ubirajara Fernandes
08/12/2008