Site de Poesias

Menu

Poetas da Dor

[Ilustração não carregada]

 
Poetas da dor
Escrevem frios calculistas
Levados pela agonia tão pesada em teu rancor
 
Poetas Amantes
Descrevem seus sonhos
Sensações e alegrias, desfrutadas no amor
 
Lagrimas, soluços e versos
Os poetas da dor nunca dormem direito
Buscando um alivio de vida sofrida
Transplantam pras folhas as dores peito
 
Poetas Amantes e inatingíveis
Descuidam da vida e vivem amor
Esquecem-se no tempo e perdem  sabor
 
 
E em fim Poetas Amantes,  
Futuros poetas da dor
    
 
 

Compartilhar
Cledilson Carlos
13/11/2008