Site de Poesias

Menu

Letargia

[Ilustração não carregada]

 
Letargia
 
No turbilhão da vida,
não comando o destino.
Esta louca corrida
enfraquece meu tino.
 
Perco o rumo da ação,
fico atrapalhada.
Procuro solução,
estou tumultuada.
 
Uma força maior
manipula os cordéis...
Pasma, quero dispor
em ordem meus papéis...
 
Luto e não consigo...
Não encontro energia...
Preciso de um amigo
pr´a sair da letargia.
 
Mardilê Friedrich Fabre
 
Publicado no Recanto das Letras
Código de Texto: T448009
 
Respeite os direitos autorais. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mardilê Friedrich Fabre). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Compartilhar
Mardilê Friedrich Fabre
21/04/2008

  • 1 comentário
  • 531 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados