Site de Poesias

Menu

Incompreensão

[Ilustração não carregada]


Não, ninguém sabe o abismo que foi...
Não, ninguém sabe a dor que eu passei...
O sorriso, a dureza, a doçura, a aspereza
Não conseguem mostrar, só eu sei...
 
Entender, quem entende?
Só Jesus compreende
A frieza, a distância,
A barreira, a loucura...
 
Quem entende da vida a agrura?
Quem viveu a maior solidão?
E ´inda assim estendia a mão?
Não compreendo, não entendo...
 
Não mereço, mas careço...
Dessa graça, esse dom, esse amor...
Compreende-me a dor, Salvador!
Ou esvaio-me em dor, desfaleço...

 

 
 
 

Compartilhar

21:01

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
"Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, foi em tudo foi tentado, mas sem pecado. Cheguemos pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericordia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ São Paulo, SP - 07/04/2008

Rosely T. Sales
07/04/2008