Site de Poesias

Menu

Meu mundo é qualquer lugar


Meu mundo é qualquer lugar
Minha estrada é meu caminhar
Minha vida é o meu cantar
O sol pra me aquecer
Um ninho pra me proteger
A lua pra me banhar

Sou o rio em sua nascente
Nas margens, água corrente
Do fruto eu sou a semente
Do vulcão, sua ira maior
Discreto raio de sol
Que brilha firme e contente

Meu mundo é qualquer lugar
Minha história é meu despertar
Meu rumo é meu navegar
E não me importa onde estou
Só sei que canto o amor
Sou flor a desabrochar

Meu mundo é qualquer lugar...

Compartilhar

"Meu mundo..." é qualquer lugar, minha sina é poetizar... Salvador, 18 de agosto de 2007

Silvestre Sobrinho
18/08/2007

  • 4 comentários
  • 2681 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados