Site de Poesias

Menu

Assim se faz ...

Difícil o limite entre o certo e o errado se,
No cotidiano de nossa ínfima existência,
Procuramos apenas um motivo para viver por viver...

O sofrimento existe, aceitá-lo é mais difícil.
Seria mais fácil se a alegria estivesse sempre presente,
A cada piscar de olhos mas,
O que encontramos, é a certeza de que não existe satisfação nenhuma...

Então, como agir ou pensar?
Talvez saibamos esta resposta se, alimentarmos
Nosso íntimo egoísta com a semelhança do sentimento alheio:
Todos temos frustrações!

Inevitável situação: sorrimos com o que temos mas,
O segundo seguinte será de tristeza e angústia ao lembrarmos que,
O alimento de agora, não sacia a fome de querer sempre mais...

Compartilhar
Karl Wolff
16/03/2007