Site de Poesias

Menu

A CONTA DA VIDA

O futuro se encarregará de desmentir
Aquilo que foi dito só pra enganar
Pois tudo o que foi dito: ilusões
O presente é incapaz de perpetrar.
 
E não adianta querer gozar a vida
Achado que a vida é um jogo de azar
Porque azar, é a conta da vida
Que chega e nunca manda avisar.
 
Na hora da verdade ninguém engana a vida
Porque a vida corre sem parar
E quando menos se espera, lá se foi a vida
Por mais que se queira aqui se demorar.
 
Quem passa a vida se enganando
Achando que a vida é só pra enganar
Recebe mais cedo a dura conta
Porque na vida tudo tem que se pagar.

Compartilhar
Agamenon Almeida
11/02/2007