Site de Poesias

Menu

Mulher De mim

.

A força é infinita
Muita vontade, garra e amor.
A alma é a mais bonita
Leva beleza por onde for.
No seu peito abraça o mundo
Tem uma paixão grande lá no fundo...
Mãos de fadas, olhos felinos
Cabelos de Yemanjá.
Ela está sempre sorrindo
Tem muito amor para dar.
Mãe, mulher e amiga
Fênix, fera ferida.
Tem força de leão num corpo de sereia
Ela é pedra, flor e areia.
Se molda no vento
Amadurece no tempo.
Magia, mistério, sonhar
Ela é o encantamento
Um sortilégio, um feitiço
Noites de luar.
Já foi Maria
Já foi Rainha
Fez crescer a colheita
Florescer o jardim.
E hoje faz mais belo o mundo
Mostra o que tem lá no fundo:
Um encantamento sem fim.

Carolina Salcides

Compartilhar

Imagem do poema: http://bp3.blogger.com/_m...

Carolina Salcides
20/12/2006