Site de Poesias

Menu

Varanda do Ubirajara

Você foi embora
Minha alma chora
Maldita saudade
Se ao menos eu soubesse de ti
Não ficaria aqui
Iria até aí
Matar minha vontade.
Mas, você não deixou o endereço,
Então pago o preço
Não sei aonde você anda
Sabes, para onde eu vou?
Vou para aquela varanda
Aonde a inspiração não para
Lá com o Senhor Ubirajara.
Quem sabe, ele me ensine a compor,
E eu consiga de volta seu amor.
A varanda da inspiração
Que ela me ajude na canção
E que você ao escutar
Lembre-se de nosso amor
E logo queira voltar....

Compartilhar
Edson Satler
22/05/2006