Site de Poesias

Menu

DIGA-ME O QUE FAZER!

Diga-me o que fazer
Quando a alma quer querer
O que não pertence  a si
Deixa ir?
 
Diga-me o que fazer
Quando a fome do querer
Cega  ..Fere ..mata .Chora
E não sabe o que dizer?
 
Diga-me como se ama
Sem querer tocar nem ver?
E cuidar  por entre sombras
Onde pode aparecer
Diga-me o que fazer.
 
Diga-me como é viver
Com a alma em desalinho
Fora do Eu em outros caminhos
A buscar amor..Que julga que  é seu.
Diga-me?
 
Diga-me!  Por piedade!
Porque toda essa maldade
Porque o inferno que me encontro
Contorcendo as entranhas
Tem uma força tamanha
Que irá  me sucumbir
É trágico. É mórbido é voraz
Mas nada será capaz
De extractar ..Despedaçar
Só ele..Poderá se aniquilar!
Marilene Azevedo
Direitos preservados pela lei 9610/1
 

 
 

Compartilhar
Marilene Azevedo
25/01/2018