Site de Poesias

Menu

ORAS BOLAS

Sua cola... Oras bolas, não rola
bolos, palmatória foi o tempo...
Esse tempo era bento na escola
que agora só enrola o momento.

Tanta historia, conta a sua gloria!
conta quântica espanta essa manta
mestre, com sua vida, toda irrisória
no dia a dia sua conta se levanta.

E as ponta, te aponta a historia...
que sempre em grosa, agoniza na UTI
professores dão a mão a palmatória
preso em fim em um salário, micuim.

Seus alunos no planalto surrupiam
golpe baixo, lhes mantém bem no alto!
professores sorri pouco a cada dia...
e os seus, gargalham com seus sacos.

Antonio Montes

Compartilhar
Antonio Montes
16/10/2017