Site de Poesias

Menu

O epitáfio

 
Não me fale de amor,
ele é um velho inimigo,
nos conhecemos no passado,
mas ele jamais andou comigo.
 
Infeliz e traiçoeiro,
sujeitinho de poucos escrúpulos,
vivia me importunando,
mentia para o mundo inteiro.
 
Preferia não tê-lo conhecido,
até em sua feliz ausência,
o amor me incomodava,
mas hoje descobri, ele é falecido!
 
Meu fiel e terrível rival,
decompondo-se sob a terra,
e ninguém se importou,
ninguém foi ao seu funeral.
 
Seu epitáfio bem que dizia:
“Filho sem pai, não deixou herdeiros...”
era ali que descansava um ardiloso,

 
era ali que o grande vilão jazia. 

Compartilhar
Vinicius Souza
18/09/2017