Site de Poesias

Menu

Antônimos

 
Aproximar-se não é o mesmo que estar junto.
Perceber não é afeiçoar-se.
Entre a sensação e o sentimento,
existe uma barreira quase intransponível.
Memorizar não é lembrar-se...
[sentir saudade].
Ver não é enxergar.
Pensar não é o mesmo que imaginar...
e muito menos raciocinar.
Entender está longe de compreender.
“Saber o caminho é diferente de percorrê-lo”
Pois experiência não é vivência.
Viver e existir são primos distantes,
tão estranhos um ao outro,
feito o dia e a noite...
montanha e abismo.
Apaixonar-se não é amar.
E discriminar tamanha distinção,
é o mesmo que desbravar
os arcabouços intoleráveis
entre o Eu e o Não-Eu.
Mais ainda,

 
é distinguir o viver do estar vivo. 

Compartilhar
Vinicius Souza
16/09/2017