Site de Poesias

Menu

ORDINAL

Estava pelo meio, quando você veio
e, interveio o meu querer, tão logo,
me carimbou com seu rascunho...
Marcou a minha paixão, moendo-me
como se fosse, muinho ou ciclone
de redemoinho.

Eu era um rabisco, de um mundo vago
um pássaro sem céu,
um cisne sem lago...
Nunca estive cheio! Perecia de sorriso,
esbanjava tristeza, e a solidão permeava
a minha realeza.

Então você veio, apareceu e interveio,
jogando tudo para escanteio!
Passei a fazer parte do seu entrevero
mesmo sabendo que no seu mundo...
Eu nunca fui o primeiro!

Antonio Montes

Compartilhar
Antonio Montes
21/08/2017