Site de Poesias

Menu

PÁSSARO PRESO

Esse pássaro na gaiola
prendido por seu enrola
esta ali sem aceitar.

Todavia ele esta insistindo
e você não dá ouvido
o que ele quer, é só voar!

Essa grade que tu fez
satisfaz, somente a sua vez
e você, não quer escutar.

Passarinho esta diluído
todos seus dias em perigo
já não contenta em chorar.

Passarinho, passarinho...
Eu sou assim como tu
tosaram as minhas asas
e quando eu cai em casa
me proibiram de voar.

Minha vida é brasa em tino
comandada pelas farras
dos carrascos de passarinhos.

Antonio Montes

Compartilhar
Antonio Montes
04/08/2017