Site de Poesias

Menu

" Mestre dos Magos "

Você é o tal do Mestre dos Magos,

Já deu pra perceber.

Que fala através de enigmas,

E depois desaparece sem ninguém ver.

 

Vou quebrar tal paradigma,

Vou decifrar você.

Seja qual for seu enigma

Não quero te ver sofrer.

 

Eu descobri seus pontos fracos,

São os seus segredos também.

Você tem muito medo,

Por isso nunca vai além.


Anda desinteressado pela vida,

E sem sentir a Deus também.

Se entedia com as pessoas,

Que somente quer seu bem.

 

Ah seu Mestre dos Magos,

Achei o fio da meada.

As respostas pras perguntadas,

Que você nunca respondeu.


É como se fosse uma sociedade secreta,

Nem uma gota de água entra.

Mas você deixou uma fresta,

E eu desifrei você.


Entrei no seu labirinto,

Onde por muito tempo você se escondeu.

Mas era meu dever,

Eu tinha que desvendar você.


Em um mundo real,

Não é preciso ser normal.

O que adianta da vida você entender, 

Sem ao menos saber o que é viver.

 

Sinto o cheiro da vitória,

Torna-te aquilo que és.

Essa vai ser a sua história,

Contada com muita honra.


Eu decifrei você !

Compartilhar
Thais Toledo ( Nega )
27/07/2017

  • 0 comentários
  • 44 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados