Site de Poesias

Menu

CARA DE QUE...

Sou aquele cara de que
Luta tanto para sobreviver,
Sempre encarando perigos
No caminhar de destino...

E nem que me deem socos,
Chutes, rasteiras, em sufocos,
Meu futuro bom advir assisto,
E por melhoras a mim insisto...

Lutar para vencer, eis meu lema,
Nasci e cresci nesse sistema,
E perder, isso, nem se cogita,

Mesmo sabendo, a boca vomita
O que lhe seja demais amarguenta,
Mas, se engolido, o gosto se aguenta...

Compartilhar
Josea de Paula
22/06/2017