Site de Poesias

Menu

MARIANA

Os dentes se romperam

a grande boca se abriu

e uma língua nojenta desceu.

Língua gulosa, estúpida

porque não engoliu seu dono?

Acho que você já estava a espera

esfomeada...guardada...

esperando o momento certo

dos dentes caírem

para você descer engolindo tudo...

Porque não engoliu seu dono?

Você preferiu engolir inocentes

tragar o que era alheio

sem com a vida se preocupar.

Boca que partiu, garganta profunda.

Engoliu pessoas inocentes

que mal nenhum ti fez.

Deixou chorando famílias

perdidas, amarguradas

entes queridos

que ainda não foram achados.

Vidas perdidas,

caladas pelo peso da dor.

E agora, boca maldita, faminta...

Língua mal cheirosa...

Até o doce que era doce

azedo se tornou

pela estupidez humana...

E o Brasil de luto chora

pelos irmãos da cidade de MARIANA.

 

Vanderribeiro

 

07/06/2017.

 

 

 

 

Compartilhar
vanderribeiro
07/06/2017

  • 1 comentário
  • 56 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados