Site de Poesias

Menu

Lute

Vá à luta, mulher,
não viva a vida toda
“pensando na morte da bezerra”,
como dizia minha avó,
vá agora,
sacode a poeira,
corre na frente,
sacode o pó;
nas decepções
de qualquer asneira
que embaçou o sonho
de suas orações,
abre  o olho,  vê saída,
desembaraça o caminho
que impediu o carinho
das surpresas da vida
pra você.
 

 
Ivone Boechat

Compartilhar
Ivone Boechat
26/05/2017

  • 0 comentários
  • 18 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados