Site de Poesias

Menu

A Canção do vento.

 
 
O vento soprou-me uma canção
Bem no pé do meu ouvido.
E no soprar do vento
O teu nome ouvi num sustenido
Notas escritas no firmamento
Que só o vento sabia cantar.
Parecia até que ele conhecia o meu amor
Deixei-me levar pelo som da melodia
Em teu colo queria repousar
Mas o vento com ciúmes de mim
Os teus cabelos foi acariciar.
O vento versejou pra você,
Mas foi por mim que o teu coração suspirou.
 
J.A.Botacini.
 
...Ventos e procelas, o mar galopando inquieto...

Meus sonhos, meu mundo e o vento a soprar...
Uma canção em silvos estridentes, notas agudas,
uma tortura em versos frios crivados de enganos...

 
...O vento versejou para o mar e o mar gargalhou...


 

Compartilhar
Jose Aparecido Botacini
03/05/2017

  • 4 comentários
  • 88 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados