Site de Poesias

Menu

UM A MAIS


Este poema aqui grafado
Era pra ser mais um guardado
Na gaveta da solidão
 
Mas quis ser livre, quis o mundo
Ser lido, relido e jucundo
Ser bem mais que um bordão
 
Aonde vais assim garboso
Sem rumo, sem prumo e fogoso
Esbanjando afeição?
 
Sem querer vais levando contigo
Dos meus sonhos, o mais antigo
Ser mais um na multidão
 
www.sergionespoli.recantodasletras.com.br
 

Compartilhar
sergio néspoli
12/03/2017