Site de Poesias

Menu

Engrenagens...

Levante-se na madrugada todos os dias.

Sonolento ou não; insone ou tendo dormido adequadamente,

Nada importa! Nem quem és!

Vá caminhando ou em automóvel ao teu destino prometido

E saibas que é imenso...

 

Na grande máquina da lábia, das mídias,

Somos todos engrenagens...

Compartilhar
Thiago da Silva Carbone
09/03/2017