Site de Poesias

Menu

TARDE DE VADIAGEM


Era pra não ter importância
Ser coisa só de momento
Ganhou, porém, relevância
Marcas e sentimentos
Não me dava medo de nada
Pensava que era loucura
E se me provocava risada
Era amor que não dói e nem dura
Mas todo amor dá coragem
E quanto mais de amar eu brincava
Naquela tarde de vadiagem
Mais eu queria e amava
Era pra ser passatempo
Coisa só de momento
Mas dói, corrói e perdura
 

Compartilhar

Visitem-me também em minha página pessoal:

www.sergionespoli.recantodasletras.com.br

Grato !!!

sergio néspoli
02/03/2017